Home / Moçambique / Moçambique: Cidadão linchado em Quelimane

Moçambique: Cidadão linchado em Quelimane

Um cidadão moçambicano foi espancado até a morte sábado, por um grupo de residentes do bairro Manhaua, em Quelimane, capital da provincial central da Zambézia.

Segundo a Rádio Moçambique (RM), citando testemunhas oculares, o finado teria sido surpreendido pelos residentes a roubar numa residência durante a madrugada daquele dia.

O suspeito era membro de uma quadrilha composta por três malfeitores, dois dos quais encontram-se actualmente a contas com a Polícia da Republica de Moçambique (PRM) em Quelimane.

A vítima perdeu a vida quando acompanhava os agentes da PRM à casa de outros dois comparsas que vivem em bairros diferentes para a sua captura.

Em declarações à PRM, o secretário honorário de Manhaua “A”, Alfredo Moreira confirmou que o suposto ladrão era residente daquele bairro, casado e dedicava-se ao comércio ambulante e nunca apresentou sinais de ser um indivíduo de conduta duvidosa.

“Aqui no bairro nós não sabíamos que ele era de má conduta”, disse Moreira para de seguida acrescentar que apenas teve conhecimento neste sábado que o malogrado tinha sido restituído a liberdade em Novembro último, depois de ter sido encarcerado na cadeia em conexão com vários crimes.

Abdul Ussene, outro morador do Bairro Manhaua, disse também ter ficado surpreendido com o facto, uma vez que o finado não apresentava uma conduta duvidosa.

“Claro que é um conhecido nosso. É bem possível que ele tivesse outras actividades. Mas não tinha muitas amizades aqui no bairro e nunca chegou a criar qualquer tipo de perturbação”, disse.

O corpo já foi recolhido a morgue do Hospital Geral de Quelimane e a PRM da Zambézia ainda não se pronunciou sobre o assunto.

...