Home / Moçambique / Economia MZ / Moçambique cresce 3,8% em 2017 e abranda para 3,5% em 2018

Moçambique cresce 3,8% em 2017 e abranda para 3,5% em 2018

A unidade de análise económica do Standard Bank considera que a economia de Moçambique vai crescer 3,8% este ano e abrandar para 3,5% no próximo ano devido à falta de acordo com o Fundo Monetário Internacional (FMI).

Baixámos a nossa perspetiva de crescimento do PIB de 4,1% para 3,8% este ano, e de 5,7% para 3,5% no próximo ano”, escreveram os analistas do banco sul-africano num relatório sobre várias economias africanas.

No documento, enviado aos investidores e a que a Lusa teve acesso, o departamento de ‘research’ deste banco sul-africano diz que esta degradação das previsões “reflete as nossas expetativas de que um programa [de ajustamento económico] financiado pelo FMI não deverá ser colocado em prática suficientemente depressa para garantir o regresso do sentimento positivo dos investidores e o apoio dos doadores”.

Para o Standard Bank, “um programa financiado pelo FMI iria acelerar o regresso à estabilidade macroeconómica”, mas esta hipótese parece pouco provável, pelo menos tendo em conta as declarações do diretor do departamento africano do FMI à comunicação social moçambicana.

Durante os Encontros Anuais do FMI e do Banco Mundial, em Washington, disse que não está previsto um programa de assistência financeira nem neste nem no próximo ano e reforçou a necessidade de mais informações sobre a dívida escondida.

Na parte do relatório sobre Moçambique, o Standard Bank escreve que o aumento de produção de carvão deverá sustentar o crescimento da economia e que os próximos dois anos deverão ser “politicamente atarefados”, com eleições municipais em outubro de 2018 e presidenciais e legislativas um ano depois.

...